Meditando com Aromas (psicoaroma)

Atualizado: 30 de mar.

Inspire profundamente o aroma por três vezes, soltando o ar também pelo nariz.

Mantendo os olhos abertos, imagine sua consciência se dissolvendo dentro do aroma, como se estivesse tocando-o, imergindo nele, fluindo com ele.


Quando atingir o ponto de saturação, feche os olhos para se distanciar de todos os sentidos que não seja o olfato.

Deixe-se viajar profundamente para dentro de você, preservando o aroma que escolheu, e toque-o com sua visão dele.

Construa uma imagem interior da essência - a essência da essência. Imagine-a como um espectro, um animal, uma lembrança, uma música ou uma dança, qualquer coisa que lhe pareça inteiramente representada pela impressão profunda do aroma. Você verá que cada aroma sob o qual meditar cria uma imagem interna e uma experiência meditativa diferentes.

Recomece. Repita as fases exterior (olhos abertos) a interior (olhos fechados) alternadamente, até que sua alma se sinta plena. Depois date e anote suas percepções sobre as meditações.


___________

Esse exercício a ajudará a incutir em sua consciência uma conexão viva com uma essência específica e, através dela, com a dimensão espiritual dos aromas em geral.



Mandy Aftel em Essências e Alquimia


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo